Quarta-feira, 23 de janeiro de 2019
            








EBSERH: Trabalhadores esperam o sucesso de reuniões para evitar a greve

19/05/2014

No dia 16 de maio, por intermédio dos ofícios Sindsep-DF nº 108/2014 e Sindsep-DF nº 110/2014, o secretário-geral do sindicato, Oton Pereira Neves, comunicou respectivamente, o presidente da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares - EBSERH, José Rubens Rebelatto, e o ministro da Educação, Henrique Paim, que os empregados públicos da empresa, mantém o indicativo de greve aprovado em unanimidade na assembleia realizada em 14 de maio.

Nas referidas correspondências, o secretario-geral evidencia a morosidade da empresa, em ofertar aos seus empregados uma contraproposta, para as reivindicações constantes do Acordo Coletivo de Trabalho (ACT) 2014/2015, evitando assim a greve.

As demandas da categoria, votadas pelos empregados em assembleia, foram entregues em março de 2014 ao Serviço de Relações de Trabalho (SERET), e até agora nenhuma resposta foi dada.

Nos dias 22 e 29 de maio, estão previstas duas reuniões de negociação com a direção da EBSERH. Os resultados de cada uma delas serão avaliados em assembleia dos empregados, que dependendo das respostas da empresa, irão decidir pela data da deflagração do movimento paredista.

Clique
aqui e aqui e leia os oficios entregue à direção da EBSERH e MEC.

Fonte: Imprensa Sindsep-DF



    



 Arquivos para baixar
Oficio 110 EBSERH
Oficio 108 EBSERH



» Voltar » receber o boletim eletrônico » Encaminhar » Imprimir


  Mais Notícias
 21/01/2019 - 15 anos da Chacina de Unaí: Sindicato convoca servidores para ato contra impunidade
 17/01/2019 - Propostas de reforma da Previdência são perversas para a classe trabalhadora
 17/01/2019 - Inauguração do ?Sindsep-DF Itinerante? é nesta quarta-feira, 23
 17/01/2019 - Sindsep aceita acordo para evitar pagamento retroativo à GEAP
 17/01/2019 - Os 15 países com mais servidores públicos no mundo
[ + ] mais notícias
   
 SBS Qd. 01 Bloco "K" - Ed. Seguradoras 16º e 17º andares CEP: 70 093-900 Brasília/DF Tel.: (61) 3212 1900 Fax: 3225 0699