Terça-feira, 14 de agosto de 2018
            








Em defesa das aposentadorias!

09/02/2018


As mentiras do golpista Michel Temer para aprovar a Reforma da Previdência
Levantamento feito pelo Sindsep-DF sobre a posição dos deputados de Brasília sobre a PEC 287/2016

O governo Temer quer acabar com a aposentadoria de milhões de trabalhadores da mesma forma que tenta acabar com os direitos trabalhistas legalizando o bico e os empregos precários com a extinção de pelo menos 100 itens da CLT com a reforma trabalhista. Para dizer não à Reforma da Previdência (PEC 287/2016), o Sindsep-DF convoca todos os servidores do Executivo Federal a aderirem à greve convocada pela CUT e demais centrais sindicais para os dias 19 e 20 de fevereiro. 

Para aprovar a reforma, o golpista Temer colocou em movimento uma máquina de mentiras. Enquanto inunda o rádio, a TV, e a internet com propaganda paga alardeando a quebradeira da Previdência Social, perdoa dívidas e multas bilionárias de grandes empresários e ruralistas. Os devedores da Previdência acumularam uma dívida, até 2015, de R$374,9 bilhões, mais que o dobro do suposto rombo (R$149 bi) que o governo usa como justificativa para fazer a reforma. Somente com desonerações e renúncias foram mais de R$ 283 bilhões que deixaram de entrar nos cofres públicos.

O que o governo quer com essa medida é engrossar o lucro dos bancos ávidos por botar as mãos na previdência pública. Com isso, quem perde é o trabalhador, que trabalhará mais tempo, receberá menos, e terá seu futuro nas mãos dos banqueiros. Isso para não falarmos daqueles que vão trabalhar até morrer porque de bico em bico não terão sequer tempo de contribuição.

Temer e esse Congresso formado em grande parte por apoiadores do golpe travam uma verdadeira guerra contra os direitos dos trabalhadores. A votação da Reforma da Previdência estava marcada para o dia 5 de dezembro, mas foi adiada pela pressão dos sindicatos, dos movimentos sociais e do povo. Por isso, nossa luta não pode parar! 

A condenação sem provas e sem crime de Lula faz parte dessa guerra, pois fere de morte a democracia.  Furaram a ordem de julgamento para condená-lo três semanas antes de colocar a contrarreforma em votação, na tentativa de tranquilizar os deputados golpistas e tirar das eleições aquele que já se manifestou contra o ataque às aposentadorias e assumiu o compromisso de revogar a reforma trabalhista.

Vale esclarecer que o Sindsep-DF tem uma história de luta independente e autônoma perante partidos e patrões. E  coerente com esta história, por acreditar e defender a democracia, afirma que eleição sem Lula é fraude!

Não caia na enganação de Temer, a Previdência não vai quebrar. Basta cobrar de quem deve e gerar mais empregos, diferente da política desse governo que colocou na rua 12 milhões de trabalhadores, fez explodir a violência, provoca o caos nos serviços públicos e entrega de mão beijada as riquezas da nação. 

Fonte: Imprensa Sindsep-DF



    



 Arquivos para baixar
PANFLETO GREVE 19 E 20.02



» Voltar » receber o boletim eletrônico » Encaminhar » Imprimir


  Mais Notícias
 09/08/2018 - Programação Dia do Basta!
 09/08/2018 - Reajuste da magistratura em nome da recuperação da dignidade é um deboche
 08/08/2018 - Funasa/MS Cedidos: Sindsep-DF busca correção das lotações dos servidores
 02/08/2018 - 10 de agosto: Dia do Basta!
 31/07/2018 - Sindicato convoca servidores para assembleia-geral
[ + ] mais notícias
   
 SBS Qd. 01 Bloco "K" - Ed. Seguradoras 16º e 17º andares CEP: 70 093-900 Brasília/DF Tel.: (61) 3212 1900 Fax: 3225 0699