Prestação de Contas 2018 é aprovada por unanimidade

Prestação de Contas 2018 é aprovada por unanimidade

Em assembleia-geral do Sindsep-DF dia 29/08, no auditório Francisco Zóccoli, os filiados do sindicato aprovaram por unanimidade as contas do Exercício 2018, conforme indicava parecer do Conselho Fiscal. O secretário-geral Oton Pereira Neves abriu a atividade explicando que, com a posse da nova diretoria do sindicato (Gestão 2018/2021) em 23 de julho do ano passado, o parecer foi elaborado em conjunto pelos membros do Conselho Fiscal da gestão atual e da anterior.

Além do secretário-geral, compuseram a mesa os diretores de Finanças, Benedito Maia, e de Organização e Patrimônio, Pedro de Alcântara, os membros do Conselho Fiscal Antônia Ferreira da Silva (2013/2018 e 2018/2021), Ivan Fernandes Marinho (2013/2018), Gerson Henrique Sternadt (2013/2018) e Reginaldo Dias da Silva (2018/2021), além das representantes do escritório de contabilidade Digicálculos Contabilidade, Juliana Tavares Vittuli e Roberta Freitas Soares.  A mesa também registrou a presença do Conselheiro Fiscal Antônio do Carmo (2013/2018), que por limitações físicas optou por não integrar a mesa.

Antes de passar a palavra para a leitura do Parecer do Conselho Fiscal, Neves deu informes sobre a luta contra a reforma da previdência. Ele ressaltou que o texto em análise no Senado Federal representa grandes perdas para o funcionalismo público e afetará não apenas os servidores em exercício, mas também aposentados e pensionistas do serviço público federal com a criação de uma taxa previdenciária extra que incidirá sobre os valores que superem o salário mínimo. Atualmente, a categoria já contribui com a previdência sobre os valores que superam o teto do RGPS.

Além disso, a reforma promove o aumento da alíquota previdenciária que salta dos atuais 11% para 14% podendo chegar a 22%, com percentuais incidentes sobre faixas de remuneração. “Não ficamos inertes, não jogamos a toalha. Seguimos firme no Senado lutando contra a PEC 6. Continuamos nos órgãos com a coleta para o abaixo-assinado dos federais contra a reforma, que será entregue nos próximos dias aos senadores do DF”, declarou, convidando todos os presentes para participarem da assembleia geral do Sindsep-DF, dia 12 de setembro, às 12h30, no Espaço do Servidor, quando serão definidas as novas diretrizes de luta.  

Em seguida, foi feita a leitura do parecer e das recomendações dos Conselhos Fiscais, do Balanço Patrimonial e da Demonstração de Resultado Exercício, e do Parecer Econômico Financeiro elaborado pela Digicálculos, e logo após prosseguiu a votação unânime pela aprovação das contas.

Antes de encerrar a assembleia, o secretário-geral Oton Pereira Neves informou que no dia 28 de setembro será realizada uma reunião da Diretoria Plena – Diretoria Administrativa, Seções Sindicais e Conselho Fiscal – do sindicato para analisar as recomendações do Conselho Fiscal e as sugestões apresentadas ao longo da assembleia.

Compartilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *