Assassinato de integrante do MST é reflexo do governo Bolsonaro!

Assassinato de integrante do MST é reflexo do governo Bolsonaro!

O Sindsep-DF vem a público manifestar seu repúdio e revolta pelo assassinato na manhã de o ontem (18) do Sr. Luiz, atropelado propositalmente durante manifestação pacífica organizada pelo Movimento dos Sem Terra (MST) com entrega de alimentos na Estrada do Jequitibá, Km 07, em frente ao Acampamento Marielle Vive, em Valinhos (SP).

Para o secretário-geral Oton Pereira Neves, o comportamento truculento, e inconcebível a pouco tempo atrás, do homem que jogou a caminhonete em alta velocidade contra os manifestantes, deixando vários feridos e uma pessoa morta, é reflexo da forma como o próprio presidente da República Jair Bolsonaro trata os movimentos sociais e os trabalhadores tentando criminalizar todos e não ouvindo ou reconhecendo essa parcela enorme do povo como como cidadãos brasileiros que merecem respeito e dignidade.

“Um governo cujo maior projeto é retirar direitos dos trabalhadores e atacar as organizações e entidades que defendem o povo, retirando verbas da educação e da saúde e agora, mais recentemente, tentando inviabilizar o acesso de milhares de trabalhadores à aposentadoria, e que incentiva o ódio contra a maioria da população brasileira, propicia atitudes como a desse homem que não se importou com as vidas que ceifaria”, concluiu Neves.

Para cobrar Justiça, o Sindsep-DF une os seus esforços ao do MST, da CUT e demais entidades representativas dos trabalhadores e dos movimentos sociais para não deixar que mais este crime contra o povo brasileiro caia no esquecimento.

Compartilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *