Reforma da previdência retira direitos e conquistas de pessoas com deficiência

Reforma da previdência retira direitos e conquistas de pessoas com deficiência

A coordenadora da Seção Sindical do Sindsep-DF na Escola Nacional de Administração Pública (ENAP), Anna Paula Feminella, que também integra a Coletiva de Mulheres com Deficiência do DF, participou ontem (23) da audiência pública sobre os impactos da reforma da Previdência nos direitos das pessoas com deficiência, convocada pela Comissão de Defesa dos Direitos das Pessoas com Deficiência da Câmara dos Deputados.

Em sua intervenção em forma de poema, destacou “que o governo quer retirar mais de quem já vive na miséria e burocratizar para inviabilizar a vida de quem precisa de assistência social”. Assista a íntegra no vídeo.

O secretário-geral do Sindsep-DF, Oton Pereira Neves, também acompanhou parte da audiência. “A reforma da previdência é nefasta para todos os trabalhadores, mas é especialmente maldosa com as pessoas com deficiência, seja nas novas regras para aposentadoria, seja no acesso ao BPC e mesmo no seu valor”, comentou.   

De acordo com o último senso do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), 23.9% da população brasileira apresenta algum tipo de deficiência, ou seja, mais de 45 milhões de pessoas da população brasileira. “O texto menospreza direitos e conquistas das pessoas com deficiência e as rebaixa a um patamar de miséria”, afirmou a deputada Tereza Nelma (PSDB-AL). Já a deputada Érika Kokay (PT-DF), ressaltou que “além de o texto original da reforma da Previdência aumentar o tempo de trabalho dos trabalhadores com deficiência, desconsidera os avanços que possibilitam regimes especiais já definidos na lei”.

Compartilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *