Servidores Federais apoiam a Greve Nacional da Educação participando de ato

Servidores Federais apoiam a Greve Nacional da Educação participando de ato

Atendendo a convocação do Sindsep-DF, os servidores federais participaram hoje do ato contra os cortes na Educação.

O secretário-geral Oton Pereira Neves discursou no carro de som convidando todos os servidores da Esplanada a se unirem aos estudantes e demais trabalhadores contra o desmonte do serviço público e na defesa da previdência pública e solidária. “O ato de hoje foi o esquenta para a greve geral da classe trabalhadora, dia 14 de Junho”, afirmou.

Ainda ao longo deste mês o sindicato fará assembleias nos locais de trabalho para organizar a participação da categoria na greve e no início de junho convocará assembleia geral para deliberar sobre a adesão dos federais à greve geral.

50 mil na Esplanada

Os atos pelo Dia Nacional de Greve da Educação levaram mais de um milhão de brasileiros às ruas em todo o país. Em Brasília, a mobilização contra os cortes na educação, a reforma da previdência e os demais ataques de Bolsonaro aos direitos dos trabalhadores reuniu mais de 50 mil pessoas na Esplanada dos Ministérios que com faixas, cartazes e palavras de ordem expressaram sua indignação com as medidas do governo.

A concentração teve início às 10h, em frente ao Museu da República. Por volta das 11h, uma multidão desceu em marcha até o Congresso Nacional. Os manifestantes eram tantos que o trajeto de cerca de 2,5km entre o museu e o Congresso foi todo tomado. Não houve tumultos e a manifestação foi pacífica. Diversos parlamentares, representantes dos estudantes e de entidades sindicais e professores fizeram uso da palavra. Após as intervenções em frente ao Congresso, os manifestaram retornaram em marcha para a rodoviária do Plano Piloto, onde o ato foi encerrado.

Acesse aqui a galeria de fotos 

Compartilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *